Arquidiocese de Londrina

Formação

1.       Graduação

1.1       Coroinha Iniciante:

1.1.1        É o nome dado ao coroinha que foi admitido ao grupo de coroinhas e se encontra no estágio de formação inicial.

1.1.2        Pode ser admitido ao grupo dos coroinhas o candidato deve ter, no mínimo, 7 (sete) anos de idade completos.

1.1.3        Que o candidato já tenha recebido, tanto quanto for possível, os sacramentos da iniciação cristã (batismo, Eucaristia comunhão e crisma), respeitando-se as normas arquidiocesanas e paroquiais quanto a idade para a recepção destes.

1.1.4        O coordenador do Grupo de Coroinhas da Paróquia deve prepará-lo para a vivência comunitária paroquial.

1.1.5        O coroinha iniciante deve ter uma formação pelo período de um mês, no mínimo, antes de começar a servir (de acordo com as necessidades da comunidade), durante este período deverá ser instruído, de como bem servir ao altar. O modo de serviço do coroinha iniciante e de todos os outros está contemplado neste regulamento, em outro lugar.

1.2       Coroinha Veterano:

1.2.1        É designado como Coroinha Veterano o membro que possui o uso pleno das atividades de serviço do altar.

1.2.2        Para ser admitido como veterano, o coroinha deve preencher os requisitos, quanto às atribuições, deveres e normas que visam dar ênfase à continuidade de suas atividades de serviço do altar e conquista de sua maturidade nos aspectos pessoal, de convivência interna e espiritual.

1.2.3        Tendo sido avaliado idôneo, e aprovado pelo coordenador de cada grupo (iniciante e veterano) o coroinha será convidado a integrar-se ao grupo de veteranos, e acolhido numa cerimônia própria onde receberá vestimenta litúrgica própria.

1.2.4        Para a integração como veterano bem como sua permanência, é necessário passar pelo Grupo de Coroinhas da Paróquia pelo menos 01 ano na fase iniciante, e ter idade igual ou superior à 10 anos. (Exceções só com autorização do Pároco).

1.3       Coroinha Sênior (Acólito)

1.3.1        O coroinha Sênior é aquele que completou 14 anos e tem firme propósito em continuar no serviço do altar como coroinha. A idade máxima para exercer este serviço é de 21 anos.

1.3.2        A admissão para o serviço de Senior/Acolito é feita pelo coordenador do Grupo de coroinhas, aprovada pelo pároco e deve ser comunicada a Coordenação Arquidiocesana da Pastoral.

1.3.3        O Sênior deve participar, impreterivelmente, de todas as celebrações solenes ou em que houver a presença de alguma autoridade eclesiástica.

1.3.4        Deve sobressai-se aos demais no que tange ao cumprimento de todas as normas e regras estabelecidas, servindo como exemplo aos demais tendo como objetivo maior promover os que tiverem próximo a ele.

1.3.5        Deve aprimorar-se para estar capacitado a dirigir as atividades do altar nas cerimônias solenes, procissões e eventos que exijam sua presença, desde que escalado. Nesta função serão denominados cerimoniários.

1.3.6        Serão escalados sempre dois Seniors  que cumprirão a função de cerimoniários em solenidades que exijam atenções diferenciadas.

1.3.7        Pela solenidade de sua função utiliza veste própria especificada neste regulamento.

1.3.8        Para a admissão do coroinha como Sênior, será exigido o cumprimento de todos os módulos.

1.3.9        Deverá ser acompanhado por um diretor espiritual. (confessor e orientador)

1.3.10   Auxiliará a pastoral dos coroinhas, como coordenador(a) ou auxiliar, respeitando o limite de idade para a função.

1.3.11   Deverá ter participação igual ou maior que a dos coroinhas iniciantes ou veteranos nas escalas e reuniões.

1.3.12   Outros requisitos para ser admitido e continuar no serviço de Senior/Acolito:

a.    Ter freqüentado no mínimo 01 ano no Grupo de Coroinhas como iniciante, e 01 ano como veterano.
b.    Estar participando ou ter interesse em participar da Pastoral litúrgica ou Vocacional.
c.    Demonstrar interesse pelo serviço do altar.
d.    Ser participante ativo das reuniões do Grupo de Coroinhas; das Missas Dominicais e Celebrações especiais; e dos eventos sugeridos pela paróquia, pelo decanato e da arquidiocese.

Comentários em: "Formação" (17)

  1. Ayrton Boa tarde!
    A minha dificuldade é de acólito feminina.
    Na Paróquia não é permitido, e encontrei também no código de direito canônico.
    Seria bom rever essa questão.

    • Renato Slv disse:

      Alan, essa também é uma questão histórica, pois antigamente só poderiam ingressar em grupos de acólitos os garotos, mas ao longo do tempo perceberam a grande procura das meninas e resolveram criar a função COROINHA, por isso esta distinção até hj, coroinhas podem ser de ambos os sexos, enquanto os acólitos só meninos…. :D

  2. Fábio Bernardes disse:

    muito bom, muito instrututivo agora sei que cumprir todos os papeis como coroinha Sênior. Agora tenho que passar esse cargo a outros coroinhas, pois daqui a um ano nao poderei estar prestando serviço ao altar.

  3. marizeti disse:

    oi ,queria saber se tem formação para cordenadores de coroinhas ,asumi a pouco tempo e to meia perdida ainda

  4. Maria Jose disse:

    Gostei da informação porque coordeno um grupo de coroinhas que esta completando um ano de existencia, estamos com novos candidatos a coroinha é que a nossa formação, reunião é no mesmo horario da catequese e por isso eles passarão a ser coroinhas depois que fizerem a Primeira Eucaristia, essa informções são boas porque já havia conversado para estar eles já ajudando em coordenar, e até conduzir o grupo.

  5. Luiz Sergio disse:

    sou coodernador da Pastoral dos Coroinhas da Igreja Sao Judas Tadeu De Lavinhas – Sp Comunidade dirigida pelos Padres da Cancao Nova Sou Coodernador a 4 meses e gostei muito da sua materia

  6. josué disse:

    tenho 16 anos vou começar a coordenar um grupo de coroinhas agora e tambem vou ser acolito . to muito ansioso pra asumir essas novas funçôes e um pouco nervoso tambem

  7. kaio Augusto Dantas Martins. disse:

    muito bom agora eu sei como ser coroinha

  8. regina disse:

    gostaria de saber se ja pode ter meninas como acolitos e se após fazerem a 1 eucaristia podem ser chamados de acolitos obrigada

    • Letícia Kelmin disse:

      Boa Tarde! Paz e bem Regina!

      Sobre sua dúvida sobre se já pode ter meninas como acólitos, temos a dizer que não, pois elas são chamadas de coroinha sênior, uma vez que meninas não são acólitos.
      Os meninos podem ser chamados de acólitos após os 14 anos de idade e ainda com no mínimo de 1 ano de experiência como coroinha.

      Até mais!

  9. Sou Fernando Douglas, coroinha da comunidade S.Antonio de Padúa, Area Pastoral N.Senhora de do Rosario de Fatima, tenho formação todo 3° sabado do mês,com o nosso proprio paroco Pr. Jeova Mendes as formações são otimas por que ele esplica muito bem e sempre revisa.Teresina-PI.

  10. Jamilly Emilly disse:

    Gostei muito das dicas, pois vou começar a ser coroinha daqui a alguns dias eu moro no Rio Grande do Norte e adoro ir a missa !!!!
    Bjos atá a próxima !!!!!!!!

  11. delciane disse:

    oi, quero saber uma coisa, já que “acolito” só podem ser meninos então uma menina ñ pode ser coordenadora de grupo das duas areas, acolito e coroinha??? Ja tennho 2 anos e alguns meses como coroinha o antigo coordenador teve que seguir adiante com sua carreira de cristão por causa de sua idade e eu assumir o cargo.

  12. delciane disse:

    oi, quero saber uma coisa, já que “acolito” só podem ser meninos então uma menina ñ pode ser coordenadora de grupo das duas areas, acolito e coroinha??? Ja tennho 2 anos e alguns meses como coroinha o antigo coordenador teve que seguir adiante com sua carreira de cristão por causa de sua idade e eu assumir o cargo pela minha historia no grupo e votação.

  13. DELCIANE Andrade disse:

    oi, quero saber uma coisa, já que “acolito” só podem ser meninos então uma menina ñ pode ser coordenadora de grupo das duas areas, acolito e coroinha??? Ja tennho 2 anos e alguns meses como coroinha o antigo coordenador teve que seguir adiante com sua carreira de cristão por causa de sua idade e eu assumir o cargo pela minha historia no grupo e votação, o nosso paraco agora quer nos formar para ser acolitos.

  14. Laíz Alves disse:

    Oi Pessoal, eu sou a Laíz,sou de Itapeva- SP, tenho 22 anos e sou acólita e já fui coroinha , e coordenadora de ambos grupos. Na minha paróquia, a maioria dos jovens que servem ao altar, são meninas, as coroinhas e as acólitas.

  15. Patricia Barão disse:

    Oi pessoal, eu tenho 17 anos e sou coroinha há cerca de 1 ano, farei 18 anos daqui a pouco mais de 2 meses e fiquei mais tranquila em saber que poderei ajudar minha paróquia por mais alguns anos neste serviço. A maioria das crianças e adolescentes que servem ao altar na minha paróquia também são meninas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 550 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: